IMG_1700

PESQUISADORES E ESTUDANTES APRESENTAM OS RESULTADOS DE SEUS PROJETOS NO 2º SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL NO INSTITUTO NACIONAL DA MATA ATLÂNTICA.

nova_imagemIMG_1700IMG_1688IMG_1655IMG_1659

Na sexta-feira passada, dia 26/08/2016, aconteceu no auditório do INMA, a apresentação dos resultados das pesquisas desenvolvidas pelos pesquisadores bolsistas e estudantes do PCI. Treze projetos que estão envolvidos no programa revelaram seus produtos de forma maravilhosa, demonstrando a competência de cada um. A saber, as linhas pleiteadas no PCI são: Conhecimento da biodiversidade, Conservação e uso sustentável da biodiversidade, Coleções biológicas, Educação e difusão.

As apresentações se iniciaram as 8:30h, com o Dr. Thiago Soares Silva (PCI DA), que mostrou seus resultados pautados em três pilares Curadoria, Ensino e Pesquisas, valorizando os status da conservação, preservação e a valoração dos resultados acerca da diversidade de anfíbios e répteis brasileiros e também promovendo a difusão de todo conhecimento adquirido resultante tanto ao meio científico, quanto à sociedade em geral e órgãos de gestão socioambiental, por meio da popularização da ciência.

Os trabalhos se seguiram por sua supervisionada a bióloga Fernanda Lírio (PCI DC), que demonstrou a organização dos protocolos, incremento da coleção (triagem, tombamento). Apresentou também fatos sobre a coleção herpetológica e a questão de ações educativas na promoção do conhecimento sobre os anfíbios, além dos trabalhos de curadoria. Levantou questões acerca da disseminação/divulgação deste conhecimento. Frisou ainda sobre as dificuldades encontradas para produzir a sua pesquisa, mas que mas não desaminará nunca.

A Dra. Luisa Sarmento Soares (PCI DA), apresentou uma linha do tempo sobre a sua atuação com pesquisadora no Instituto Nacional da Mata Atlântica, valorizando o tema coleção Ictiológica, e as parcerias com as diversas instituições no estado, Brasil e no exterior.  Em seguida, a bióloga Juliana de Paulo (PCI DC), explanou o panorama das coleções herpetológica, ornitológica e mastozoológica, além das estratégias de incremento e visualização das mesmas nos país. Enfatizou também a questão da estrutura funcional e os números atuais das coleções e atividades realizadas nelas.

Em continuidade, a bióloga Lorena Tonini (PCI DC), mostrou o percurso de suas atividades na coleção ictiológica, as dificuldades da infraestrutura da instituição, que muitas vezes atrapalham o bom desenvolvimento dos trabalhos, finalizando o bloco de resultados sobre a Zoologia.

Os resultados seguintes foram mostrados pelo Mestre em botânica Ludovik Kollmann (PCI DB), que exibiu o panorama e os avanços de seus trabalhos no herbário do INMA e também resultados sobre do quantitativo de exemplares depositados na coleção da instituição.

A Dra. Aryanne Amaral (PCI DA), valorizou em sua apresentação os avanços de seu trabalho de pesquisa e as metas conquistadas no período de um ano dentro da instituição.

A mestra Cintia Corsini (PCI DB), expôs os produtos e atividades propostos, os quais visaram o alcance do público leigo e intelectual  divulgando e incentivando a pesquisa, no envolvimento e sensibilização da comunidade no uso sustentável e conservação da biodiversidade.

O Prof. Dr. Arlindo Serpa Filho (PCI DA), responsável pelo difusão cientifica, iniciou os trabalhos da tarde exibindo os avanços e resultados do seu projeto, apresentando as propostas de novos materiais lúdicos e de exposições que ainda estão em evidência, bem como os projetos das novas que estão sendo preparadas.

Jose Nilton (PCI DB), mestre em Ecologia, apresentou resultados relativos ao seu estudo com aves, priorizando as ações de divulgação cientifica com matérias educativas que despertem a atenção do público visitante no INMA, a questão das aves no parque.

Raphael Becalli, biólogo, bolsista (PCI DC), mostrou os resultados de seu plano de trabalho tem como objetivo, divulgar o conhecimento científico sobre invertebrados, com ênfase em insetos, estimulando a aproximação do público que visita o INMA, com a biodiversidade proporcionando momentos lazer e aprendizado, ao tornar as informações cientificas mais acessíveis. Para isso está elaborando: jogos, exposições, cartilhas, placas e atividades lúdicas.

Os bolsistas ITI A Rafael Schneider e Everton Messias exibiram respectivamente  o processo de construção dos resultados do projeto de criação de ferramentas computacionais visando a melhoria na comunicação e divulgação de trabalhos científicos, bem como criação de mecanismos para gerenciamento e apresentados de coleção e localização da biodiversidade e o trabalho no desenvolvimento aplicativo para a biodiversidade, com o propósito de conectar novas pessoas na ciência, e para registrar novas formas de se observar a biodiversidade, e que isso possa ser feito de maneira fácil e intuitiva.

A Dra. Marinez Siqueira especialista visitante (BEV), recém-chegada ao INMA apresentou o desenvolvimento da sua pesquisa sobre o uso de ferramentas em ambiente R para tratamento e limpeza de dados das coleções científicas e com a realização de analises espacial e modelagem de nicho ecológico visando identificar padrões de densidade. Vimos ainda detalhes como as lacunas de coleta, de riqueza, de endemismos e modelos de nicho para grupos taxonômicos de interesse para o INMA.

Um comentário sobre “PESQUISADORES E ESTUDANTES APRESENTAM OS RESULTADOS DE SEUS PROJETOS NO 2º SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL NO INSTITUTO NACIONAL DA MATA ATLÂNTICA.

  1. A presença de pesquisadores no Instituto Nacional da Mata Atlântica se faz de extrema importância, visto as melhorias que se firmaram com a atuação dos PCI’s nos setores de pesquisa, nos últimos dois anos. É um prazer enorme poder contribuir para o crescimento Instituto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *