O Instituto Nacional da Mata Atlântica disponibiliza imagens de sua coleção botânica

O Instituto Nacional da Mata Atlântica deu início em dezembro de 2015 o processo de captura de imagens do acervo do Herbário MBML e no mês de setembro de 2017 parte das imagens foi disponibilizada online. O acervo botânico se destaca com coletas na Mata Atlântica, sendo 94% da região Sudeste e 90% do estado do Espírito Santo, seguido de amostras Bahia, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Dos aproximadamente 52 mil registros as famílias mais representadas são Orchidaceae, Melastomataceae e Bromeliaceae, Rubiaceae e Myrtaceae. As coletas mais antigas diretamente atribuídas ao MBML datam de 1953 e foram realizadas por G. Dalcolmo, embora a duplicata mais antiga, recebida de outros herbários seja de 1905, coletada em Minas Gerais. A maior parte das coletas (64% – 33321 de 52155) foi realizada entre 1999 e 2009. Os materiais tipo – base para a descrição de novas espécies totalizam cerca de 1000 exemplares (160 holótipos, 140 isótipos e 720 parátipos). Além dos dados referentes às coletas, atrelados ao Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira – SIBBR , o Herbário MBML disponibilizou 23.376 fotografias de 21920 exsicatas, em alta resolução pelo programa REFLORA Herbário Virtual.

R4 R3  R1 R5

Saiba mais sobre o Reflora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *